quinta-feira, 4 de março de 2010

Outro vidro

De todas as coisas,
a única que quando quebra, faz silêncio,
é a palavra...

3 comentários:

  1. Espero que ela não ache esse blog... Escondei-vos blog!

    ResponderExcluir
  2. Nicolas, saber usar palavras em um poema é um desafio, mas aprender a usar o silêncio é um mistério. (acabei de escrever essa frase, inspirada em seu blog) Bjs Ynah

    ResponderExcluir
  3. Gostei! Muito legal a relação entre vidro/palavra que vc construiu em sua frase.

    Nicolas, muito obrigado por sua visita ao blog. Lá, o espaço é seu, tenha a consciência disso.
    Só preciso fazer uma pequena ressalva: tenho atualizado o blog no ritmo de um post ao dia. Não é muito, mas me esforço para escrever e tentar passar algum conhecimento sobre o país que moro. Seja sempre bem-vindo ao blog, muito obrigado!
    Abraços

    ResponderExcluir